Notícias

Angola no epicentro das telecomunicações

Africa, América e Europa estarão ligados através de Angola que funcionará como uma plataforma de ligação das telecomunicações entre os três continentes.

O cabo submarino de fibra óptica, denominado “South Atlantic Cable Systtem” (SACS) irá ligar Angola ao Brasil a partir de Julho de 2018. Este projecto, que será executado pelo consórcio angolano “Angola Cables”, permitirá a primeira ligação entre África e América através do Oceano Atlântico.
O SACS será instalado a uma profundidade de 1,5 metros em águas rasas e sete quilómetros em alto mar, para evitar a danificação do cabo submarino na circulação constante de navios e recursos marinhos.
Com seis mil quilómetros de extensão, o cabo que ligará Luanda (Angola) a Fortaleza (Brasil), será composto por quatro pares de fibra, com uma capacidade de transmissão de dados de 40 Tbps (telebits por segundo).
O SCAS, que conta com um financiamento do fundo soberano de cerca de 260 milhões de dólares, estará por sua vez ligado ao WACS “West Africa Cable System” que faz a ligação entre 11 países africanos e 3 países europeus. O projecto, permitirá uma redução  substancial do custo do acesso aos serviços de telecomunicações no país e fará de Angola uma importante plataforma de ligação entre os continentes africano, europeu e americano.

image_pdf