Mensagem do Embaixador

Esta imagem tem um texto alternativo em branco, o nome da imagem é ambassadeur-1024x683.jpg

Caros amigos e compatriotas

As Missões Diplomáticas e os Postos  consulares  são Serviços  Executivos  Externos  que prosseguem as atribuições do Ministério  das Relações Exteriores, parecendo-nos  importante  enfatizar o n°1 do Art°2 ° e o  n°1 do art°27 e as alas a) e b) , ambos do Estatuto Orgânico aprovado  pelo Decreto Presidencial N°257/20 de 13 Outubro .

Assim, no quadro das minhas responsabilidades como Embaixador Extraordinário e  Plenipotenciário acreditado  no  Reino da Bélgica, no Grão  Ducado de Luxemburgo e chefe da Missão da República de Angola junto da União Europeia, juntamente aos colegas  da Embaixada, funcionários de nomeação central e de contratação local, procuramos todos  o melhor desempenho possível, orientando as nossas actividades para:

(I)A obtenção de resultados; (II) O aprofundamento da cooperação bilateral, incluindo da cooperação sul-sul no âmbito da OEACP; (III)A aproximação dos sectores de negócios e académico dos nossos países e da União Europeia, no sentido de os colocar ao serviço da economia;  (IV) A promoção das potencialidades de Angola visando a mobilização de recursos por via do IPD; (v) Colocando sempre a comunidade angolana residente no centro das nossas preocupações, devendo por conseguinte, a nossa actividade, reger-se pelos princípios acolhidos na Constituição e dos quais destacamos os princípios da simplificação administrativa, da aproximação dos serviços às comunidades e obviamente, os princípios da igualdade e da legalidade.

A República de Angola, é hoje, assumidamente um País diferente, um País que ganhou um novo fôlego e tem um novo paradigma.

A melhoria do ambiente de negócios para o qual muito contribui a prevalência da lei nas relações entre os cidadãos, entre as instituições e os cidadãos e entre as instituições entre si, a robustez das instituições e obviamente, a melhoria dos índices de desenvolvimento  económico e social na linha dos ODS, tornam a República de Angola liderada por S.Excia Presidente João Manuel Gonçalves Lourenço, num País  incontornável, também,  decorrente da importância que atribui e do papel que desempenha na busca de soluções para as questões cada vez mais complexas da agenda internacional e regional.

A República de Angola, tem como superfície 1,246 Km2. Mais de metade da sua superfície é virgem, o que faz de Angola um Pais muito urbanizado.

Assim, Recursos minerais;  Agricultura, Pecuária; Indústria; Pescas;  Infraestruturas;  Turismo; Transportes; Saneamento e reciclagem de resíduos sólidos, são entre outras, áreas abertas e recomendáveis ao investimento privado estrangeiro.

Como investir?

As informações sobre como, quando, onde, que procedimentos, vantagens, regimes especiais, etc, etc, estão todas à distância de um click, bastando para o efeito consultarem-se entre outras, as páginas WEB da AIPEX, da Comissão de Capitais, do BODIVA, do Banco Nacional de Angola e do instituto Nacional de Estatística, disponíveis no site da Embaixada de Angola e que a consideramos como um instrumento de trabalho e de interação com o sector de negócios, académicos, cidadãos residentes na Bégica eo Luxemburgo, independentemente da sua nacionalidade ou género.

Deixamos à todos, um convite para presencial e/ou virtualmente, visitarem Angola, (i) um País que tem um povo acolhedor; (ii) um País onde a sua população é maioritariamente jovem; (iii) um País com imensas oportunidades de negócios; (iv) um País excelente para o turismo de lazer e para o ecoturismo do qual salientamos a sua biodiversidade e a beleza dos parques nacionais de Kissama, do Iona, de Cangandala, das quedas de Calandula e da grandeza do projecto OKAVANGO.